Cursos de Graduação

Apresentação

O Curso de bacharelado em Administração, tem como objetivo geral proporcionar aos egressos conhecimentos teóricos – práticos para que possam atuar crítica e criativamente no setor de meio ambiente, permitindo a compreensão dos processos de elaboração, desenvolvimento e acompanhamento de projetos ambientais, norteadas por valores éticos, pessoais e sociais

Nível

Bacharelado

Perfil do Egresso

O domínio dos fundamentos das ciências básicas é um importante instrumento para que o profissional de administração, durante sua vida profissional, seja capaz de assimilar e desenvolver novas tecnologias. Assim, a base pedagógica adotada visa desenvolver no estudante a capacidade de: “aprender a conhecer”, “aprender a fazer” e principalmente “aprender a aprender”.

Mercado

A Administração traz um leque de opções para os seus profissionais, com áreas completamente diversificadas, que podem ser realizadas em várias empresas, inclusive na forma autônoma:

Administração de operações e produções

Essa área tem como grande objetivo trazer qualidade e eficácia nas produções de uma empresa. Esse profissional atua em médias e grandes organizações com a intenção de manter ou melhorar os resultados.

Administração Financeira

O administrador financeiro vai organizar os números da empresa. Ele gerencia os recursos disponíveis e realiza planejamentos estratégicos, além de analisar todo o capital e câmbio.

Administração Estratégica

Esse segmento requer muita dedicação, pois lida diretamente com o crescimento da empresa, traçando planos de ação para a melhora da instituição. Os planos devem ser bem detalhados e podem envolver projetos de melhoria da responsabilidade social, ética empresarial e governança corporativa.

Administrador Consultor

O administrador que trabalha com consultoria analisa os processos que já estão em andamento na instituição e sugere melhorias, se houver, para o seu crescimento. Esse profissional pode atuar como consultor externo (prestador de serviço) ou consultor interno (contratado pela empresa).

Logística

Este profissional está apto para trabalhar com a logística da empresa. Ele poderá atuar com a organização do transporte para a distribuição das mercadorias, além de outros setores relacionados à logística da instituição.

Administração de Recursos Humanos

O administrador de recursos humanos trabalha com contratação e demissão de pessoal, organiza toda a parte salarial dos funcionários e planeja os seus planos de carreira.

Na maioria das grandes instituições esses profissionais são responsáveis por promover treinamentos e capacitações.

Por ser um curso bastante amplo, esta área possibilita que o estudante atue em diversas áreas, como:

Marketing

Atuando na melhoria das vendas da marca ou de algum produto específico, realizando pesquisas de mercado, ações e campanhas publicitárias.

Relacionamento com o Cliente

O administrador que atua na área de relacionamento com o cliente têm como propósito estreitar os laços entre a empresa e seus consumidores. Para isso ele promoverá ações, dará suporte total ao clientes, irá agendar visitas, entre outras funções.

Dados do Curso

Tipo: Modalidade: Metodologia: Duração: Carga horária total:
Bacharelado Presencial Híbrido 08 semestres 3120 horas

Matriz Curricular

Coordenação

Aline dos Santos Sousa

Graduada em Administração com ênfase em marketing, especialista em gestão empresarial, mestre Desenvolvimento e Planejamento Territorial. Coordenadora do Curso de Bacharelado em Administração e cursos tecnólogos da Faculdade de Iporá . Docente na Faculdade de Iporá desde 2015, Foi professora substituta do Instituto Federal Goiano – Campus Iporá de 2016 a 02/ 2018 das disciplinas de Administração Rural,Dinâmica do Agronegócio,entre outras . Propondo -se a pesquisar sobre gestão,empreendedorismo, economia solidária , desenvolvimento rural e discutir as questões ligadas ao desenvolvimento regional e desenvolvimento sustentável .Possui experiência em administração de empresas no setor varejista e de serviços., foi instrutora do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (eixo de gestão) durante 02 anos, professora da Faculdade Antares de Ensino Superior de 2011 a 2013, ministrando principalmente temas voltados a Gestão de pessoas, marketing,empreendedorismo e Responsabilidade Social.

Apresentação

O Curso de Bacharelado em Ciências Contábeis da Faculdade de Iporá tem como objetivo principal a formação de Contadores competentes, críticos, comprometidos, responsáveis, que sejam qualificados para atuar no mundo contemporâneo, em permanente processo de transformação, sem prejuízo da criatividade no campo do trabalho e  que apresenta pleno domínio das responsabilidades funcionais envolvendo apurações, auditorias, perícias, arbitragens, noções de atividades atuariais e quantificações de informações financeiras, patrimoniais e governamentais, com a plena utilização de inovações tecnológicas; da população de Iporá, municípios vizinhos e na realidade brasileira.

Nível

Bacharelado

Perfil do Egresso

O profissional com formação técnica e científica para atuar na área Contábil das organizações, além de desenvolver atividades específicas da prática profissional em consonância com as demandas mundiais, nacionais e regionais; competência para empreender, analisando criticamente as organizações, antecipando e promovendo suas transformações; capacidade de atuar em equipes multidisciplinares; capacidade de compreensão da necessidade do contínuo aperfeiçoamento profissional e do desenvolvimento da autoconfiança.

Mercado

O campo de atuação do bacharel em Ciências Contábeis é vasto. O profissional pode exercer atividades de autônomo ou atuar como empregado junto às organizações privadas e públicas, fundações, associações e outras modalidades, podendo desempenhar funções diversificadas, dentre as quais destacam-se:

    • Contabilidade Financeira: executa a contabilidade geral, necessária para todas as organizações com finalidade de fornecer informações básicas sobre o patrimônio e suas mutações aos seus usuários, especialmente para fins fiscais;
    • Contabilidade de Custos: voltada para o cálculo e a interpretação dos custos dos bens fabricados ou comercializados, ou dos serviços prestados pelas organizações;
    • Contabilidade Gerencial: voltada para fins de controles internos da organização, para suprir os gestores de informações indispensáveis ao processo decisório;
    • Auditoria: tem por incumbência o acompanhamento do controle interno e a verificação da exatidão dos procedimentos contábeis, denominadas respectivamente de auditoria interna e externa, sendo neste último caso, exercida pelo Auditor Independente.
    • Analista Financeiro e Orçamentário: tem por competência a análise da situação econômico-financeira das organizações, por meio dos relatórios fornecidos para diversos fins, tais como: mensurar desempenho, buscar concessão de crédito, investimentos, controle orçamentário, etc.
    • Perito Contábil: verifica e afere a exatidão dos procedimentos contábeis, sejam em processos judiciais ou extrajudiciais.
    • Consultor Contábil: desenvolve tarefas e apresenta soluções às questões ligadas à Contabilidade Empresarial e Governamental, especialmente as questões tributárias e societárias.
    • Professor de Contabilidade: para atua no magistério em nível de ensino médio.
    • Pesquisador Contábil: o bacharel em Ciências Contábeis poderá optar pelo desenvolvimento de pesquisa científica. O curso de Ciências Contábeis da FAI busca melhoria continuada para formar contadores com o perfil intelectualizado. A sociedade requer o cientista do patrimônio, aquele que tem capacidade para entender os números e determinar que rumos devam ser seguidos pela entidade. Por isso, no exercício de suas funções, este profissional necessita de preparação educacional sólida, que envolva não somente formação técnica aprimorada, mas, também, formação cultural e humanística.
    • Empresário Contábil: A contabilidade empresarial é uma área que envolve todos os processos contábeis necessários para que uma empresa opere em pleno funcionamento, sobretudo em conformidade com o governo.

Dados do Curso

Tipo: Modalidade: Metodologia: Duração: Carga horária total:
Bacharelado Presencial Híbrido 08 semestres 3.040 horas

Matriz Curricular

Coordenação

Cleuza Joana de Lima Martins

Possui graduação em CIÊNCIAS CONTÁBEIS pela Faculdade de Iporá (2011), graduação em LETRAS pela Universidade Estadual de Goiás (1992) e mestrado em CIÊNCIAS DA EDUCAÇÃO – UNIVERSIDAD LEONARDO DA VINCI (2016). Atualmente é auxiliar contábil – MARBO CONSULTORIA E ASSESSORIA CONTÁBIL e coordenadora do curso de ciências contábeis – FAI/IPORÁ. Tem experiência na área de Administração, com ênfase em Ciências Contábeis

Apresentação

O curso de bacharelado em Direito da Faculdade de Iporá – FAI tem como objetivo geral propiciar ao futuro operador do Direito conhecimento jurídico, desenvolvimento humanístico, compreensão do Direito moderno, utilizando-se do senso jurídico, ético e crítico, idealizado por meio de uma educação legal competente, explorar fenômenos jurídicos em sua expressão plural, informar-se do conhecimento legal por meio de um ponto de vista crítico jurídico, bem como a sistemática conexão dos saberes técnicos-teóricos e práticos, com austeridade metodológica, por fim refletir e interpretar os conteúdos jurídicos da atualidade e contextualiza-los numa ótica global.

Nível

Bacharelado

Perfil do Egresso

O profissional egresso deverá ser um Bacharel com sólida formação geral, humanística e axiológica, capacidade de análise, domínio de conceitos e da terminologia jurídica, elaboração de textos, atos e documentos jurídicos ou normativos, adequada argumentação, interpretação e valorização dos fenômenos jurídicos e sociais, bem como pesquisa e utilização de legislações, jurisprudências, doutrinas e demais fontes do Direito.

Mercado

O Bacharel em Direito tem, a seu dispor, amplas opções dentro da carreira jurídica. Poderá tornar-se Delegado de Polícia, Promotor de Justiça ou Magistrado, desde que aprovado em concurso público. O Advogado pode, ainda, optar por trabalhar em assessoria ou consultoria jurídica de órgãos públicos ou de organizações não governamentais, com destaque para empresas privadas, e/ou seguir carreira acadêmica, como professor universitário e/ou, também, tornar-se um profissional autônomo.

Desta forma, na carreira jurídica, o profissional atua majoritariamente nas seguintes áreas importantes: – advocacia pública ” como Advogado do Estado, do Município ou da União; – advocacia privada ” como Advogado nas áreas cível, criminal, trabalhista, comercial, tributária e outras; – delegacia de polícia ” como responsável pela elaboração de inquéritos policiais e pela chefia de investigadores de polícia; administra assuntos ligados ao trânsito, à fiscalização, compra e venda de armas e à identificação civil; – magistratura ” como Juiz Federal ou da Justiça Comum; – Promotoria e Procuradoria de Justiça ” atua como “advogado da sociedade”, na função de Promotor ou Procurador, agentes do Estado ou da União, caso pertençam ao Ministério Público Federal; – docência do ensino superior ” o acadêmico durante o curso será preparado e estimulado a realizar mestrado e doutorado.

O Curso de Direito da FAI possibilita ao profissional uma formação mais completa em áreas específicas, buscando despertar no acadêmico interesse pelos novos direitos. A Instituição acredita que o profissional que seja capaz de unir adequadamente pesquisa e extensão será capaz, não só de atuar com maior profissionalismo na prática cotidiana, como representará o operador jurídico por excelência, tão necessário à atualização e dinamização do Direito.

Dados do Curso

Tipo: Modalidade: Metodologia: Duração: Carga horária total:
Bacharelado Presencial Híbrido 10 semestres 4460 horas

Matriz Curricular

Coordenação

Leandro Ribeiro Miwa

Possui Bacharelado em Direito pela (UniRV: Universidade de Rio Verde- GO.2005) e Licenciatura em Pedagogia pela (FAI: Faculdade de Iporá.2018), Especialização em Direito e Processo do Trabalho (UCAM: Universidade Candido Mendes- RJ. 2008). Especialização em Direito e Processo Civil, (UNICID: Universidade Cidade de São Paulo-SP.2009). Especialização em Direito Ambiental (UNIP: Universidade Paulista.2011) Especialização em Direito Constitucional (IBRA-SP. 2018). Especialização em Direito das Famílias e Sucessões. (DOM ALBERTO: Centro de Ensino Superior Dom Alberto- RS. 2019.) Especialização em Psicologia Jurídica. (FABRAS: Faculdade Integrada de Brasília. 2020) Mestrado em Direito e Relações Internacionais (PUC-GO: Pontifícia Universidade Católica de Goiás-2016). É Doutorando do Programa de Doutorado Acadêmico em Direito do IDP- Instituto Brasiliense de Direito Público, na linha de pesquisa Tutela Penal e Direito Sancionador no Estado Democrático de Direito. É membro das Comissões de Educação Jurídica (CEJUR), Advogado Professor e OAB/Cidadã, da OAB-Seccional Goiás. Compõe o NDE – Núcleo Docente Estruturante e Colegiado do Curso de Direito e Psicologia. É membro do Conselho de Pesquisa e Extensão da Faculdade de Iporá e do Conselho Pedagógico do NPJ(Núcleo de Práticas Jurídicas). É Parecerista do Guia Faculdades da Editora Abril e do Estadão. É membro do Instituto Goiano de Direito Desportivo (IGoDD). Tem experiência em gestão acadêmica. Atuando na área do Direito, com ênfase em Direito: Constitucional, Ambiental, Civil, Trabalho e Direitos Humanos.

Apresentação

A missão do Curso de Enfermagem da Faculdade de Iporá é a formação de profissionais cujo objeto de trabalho seja o ser humano, e cujo objetivo seja cuidar deste ser humano saudável ou doente, de forma individual ou coletiva e em todas as fases do processo de nascer, viver e morrer humano.

Nível

Bacharelado

Perfil do Egresso

Para atender ao perfil profissional do futuro profissional Enfermeiro(a) formado pela Faculdade de Iporá é imprescindível fornecer-lhe os instrumentais necessários para inseri-lo na visão ampla do mundo atual, sem deixar de enfatizar a necessidade de considerar as riquezas da realidade regional.

Para assegurar a formação do profissional com este perfil, é necessário desenvolver as seguintes competências e habilidades, na área de atuação profissional de Enfermagem: 

-Atenção à Saúde: os profissionais da Enfermagem, dentro de seu âmbito profissional, devem estar aptos a desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, tanto em nível individual quanto coletivo.

Cada profissional deve assegurar que sua prática seja realizada de forma integrada e contínua com as demais instâncias do sistema de saúde, sendo capaz de pensar criticamente, de analisar os problemas da sociedade e de procurar soluções para os mesmos.

Os profissionais devem realizar seus serviços dentro dos mais altos padrões de qualidade e dos princípios da ética/ bioética, tendo em conta que a responsabilidade da atenção à saúde não se encerra com o ato técnico, mas sim, com a resolução do problema de saúde, tanto em nível individual como coletivo.

-Tomada de Decisões: o trabalho dos profissionais da Enfermagem deve estar fundamentado na capacidade de tomar decisões visando ao uso apropriado, eficácia e custo-efetividade, da força de trabalho, de medicamentos, de equipamentos, de procedimentos e de práticas. Para este fim, os mesmos devem possuir competências e habilidades para avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas, baseadas em evidências científicas.

-Comunicação: os profissionais da Enfermagem devem ser acessíveis e devem manter a confidencialidade das informações a eles confiadas, na interação com outros profissionais de saúde e o público em geral. A comunicação envolve comunicação verbal, não-verbal e habilidades de escrita e leitura; o domínio de, pelo menos, uma língua estrangeira e de tecnologias de comunicação e informação.

-Liderança: no trabalho em equipe multiprofissional, os profissionais da Enfermagem deverão estar aptos a assumir posições de liderança, sempre tendo em vista o bem-estar da comunidade. A liderança envolve compromisso, responsabilidade, empatia, habilidade para tomada de decisões, comunicação e gerenciamento de forma efetiva e eficaz.

-Administração e Gerenciamento: os profissionais da Enfermagem devem estar aptos a tomar iniciativas, fazer o gerenciamento e administração tanto da força de trabalho quanto dos recursos físicos e materiais e de informação, da mesma forma que devem estar aptos a serem empreendedores, gestores, empregadores ou lideranças na equipe de saúde.

-Educação Permanente: os profissionais de Enfermagem formados pela Faculdade de Iporá deverão ser capazes de aprender continuamente, tanto na sua formação, quanto na sua prática.

Desta forma, esses profissionais deverão aprender a aprender e ter responsabilidade e compromisso com a sua educação e o treinamento/ estágios das futuras gerações de profissionais, mas proporcionando condições para que haja benefício mútuo entre os futuros profissionais e os profissionais dos serviços, inclusive, estimulando e desenvolvendo a mobilidade acadêmico/profissional, a formação e a cooperação por meio de redes nacionais e internacionais.

O Curso de Enfermagem da Faculdade de Iporá forma o (a) Enfermeiro(a) com o seguinte perfil:

  • Formação generalista, humanista, crítica e reflexiva;
  • Profissional qualificado para o exercício de Enfermagem, com base no rigor científico e intelectual e pautado em princípios éticos;
  • Capaz de conhecer e intervir sobre os problemas/ situações de saúde-doença mais prevalentes no perfil epidemiológico nacional, considerando questões de saúde de pequena, média e alta complexidade de ação e com ênfase nos programas de saúde da família, identificando as dimensões bio-psico-sociais dos seus determinantes;
  • Capacitado a atuar, com senso de responsabilidade social e compromisso com a cidadania, como promotor da saúde integral do ser humano;
  • Em condições de atuar em equipes multi e interdisciplinares.

Ao longo do Curso de Enfermagem serão desenvolvidas ações didático-pedagógicas com o objetivo de dotar o(a) Enfermeiro(a) com as seguintes competências e habilidades específicas:

  • Atuar profissionalmente, compreendendo a natureza humana em suas dimensões, em suas expressões e fases evolutivas;
  • Incorporar a ciência/arte do cuidar como instrumento de interpretação profissional;
  • Compreender a política de saúde no contexto das políticas sociais, reconhecendo os perfis epidemiológicos das populações;
  • Reconhecer a saúde como direito e condições dignas de vida e atuar de forma a garantir a integralidade da assistência, entendida como conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos para cada caso em todos os níveis de complexidade do sistema;
  • Atuar nos programas de assistência integral à saúde da criança, do adolescente, da mulher, do adulto e do idoso;
  • Reconhecer as relações de trabalho e sua influência na saúde;
  • Atuar como sujeito no processo de formação de recursos humanos;
  • Responder às especificidades regionais de saúde através de intervenções planejadas estrategicamente, em níveis de promoção, prevenção e reabilitação à saúde, dando atenção integral à saúde dos indivíduos, das famílias e das comunidades;
  • Reconhecer-se como coordenador do trabalho da equipe de enfermagem;
  • Assumir o compromisso ético, humanístico e social com o trabalho multiprofissional em saúde.
  • Promover estilos de vida saudáveis, conciliando as necessidades tanto dos seus clientes/pacientes quanto às de sua comunidade, atuando como agente de transformação social;
  • Usar adequadamente novas tecnologias, tanto de informação e comunicação, quanto de ponta para o cuidar de enfermagem;
  • Atuar nos diferentes cenários da prática profissional, considerando os pressupostos dos modelos clínico e epidemiológico;
  • Identificar as necessidades individuais e coletivas de saúde da população, seus condicionantes e determinantes;
  • Intervir no processo de saúde-doença, responsabilizando-se pela qualidade da assistência/cuidado de enfermagem em seus diferentes níveis de atenção à saúde, com ações de promoção, prevenção, proteção e reabilitação à saúde, na perspectiva da integralidade da assistência;
  • Coordenar o processo de cuidar em enfermagem, considerando contextos e demandas de saúde;
  • Prestar cuidados de enfermagem compatíveis com as diferentes necessidades apresentadas pelo indivíduo, pela família e pelos diferentes grupos da comunidade;
  • Compatibilizar as características profissionais dos agentes da equipe de enfermagem às diferentes demandas dos usuários;
  • Integrar as ações de enfermagem às ações multiprofissionais;
  • Gerenciar o processo de trabalho em enfermagem com princípios de Ética e de Bioética, com resolutividade tanto em nível individual como coletivo em todos os âmbitos de atuação profissional;
  • Planejar, implementar e participar dos programas de formação e qualificação contínua dos trabalhadores de enfermagem e de saúde;
  • Planejar e implementar programas de educação e promoção à saúde, considerando a especificidade dos diferentes grupos sociais e dos distintos processos de vida, saúde, trabalho e adoecimento;
  • Desenvolver, participar e aplicar pesquisas e/ou outras formas de produção de conhecimento que objetivem a qualificação da prática profissional;
  • Respeitar os princípios éticos, legais e humanísticos da profissão;
  • Interferir na dinâmica de trabalho institucional, reconhecendo-se como agente desse processo;
  • Utilizar os instrumentos que garantam a qualidade do cuidado de enfermagem e da assistência à saúde; participar da composição das estruturas consultivas e deliberativas do sistema de saúde;
  • Assessorar órgãos, empresas e instituições em projetos de saúde;
  • Cuidar da própria saúde física e mental e buscar seu bem-estar como cidadão e como enfermeira;
  • Reconhecer o papel social do(a) enfermeiro(a) para atuar em atividades de política e planejamento em saúde.

O egresso do Curso de Enfermagem, Bacharelado Presencial, ofertado pela Faculdade de Iporá também será habilitado ao atendimento das necessidades sociais da saúde, à atenção integral da saúde no sistema regionalizado e hierarquizado de referência e contra-referência e o trabalho em equipes multiprofissionais, com ênfase no Sistema Único de Saúde (SUS).

Neste contexto, a formação do enfermeiro atende ao sistema de saúde vigente no país, a atenção integral da saúde no sistema regionalizado e hierarquizado de referência e contra-referências e o trabalho em equipe.

Mercado

A formação do (a) Enfermeiro (a) deve atender as necessidades sociais da saúde, com ênfase no Sistema Único de Saúde (SUS), assegurando a integralidade da atenção e a qualidade e humanização do atendimento.

É um profissional generalista, humanizado, crítico-reflexivo, que atua com responsabilidade social e compromisso com a cidadania. Qualificado para o exercício da Enfermagem nas áreas de atuação: cuidado individual e coletivo, pesquisa, educação, gestão e organização dos serviços de saúde; pautado em princípios científicos e éticos.

Que seja capaz de trabalhar em equipe e buscar sua constante atualização, considerando o perfil epidemiológico do território e o contexto sócio, político, econômico e cultural na perspectiva da vigilância à saúde e da integralidade do cuidado.

A oferta de postos de trabalho no mercado está em expansão, na medida em que a expectativa de vida da população brasileira tem aumentado e as necessidades de assistência à saúde se multiplicado.

O Bacharel em Enfermagem pode exercer atividades autônomas, trabalhar em Instituições de Ensino, Pesquisa e Saúde. Cabe ao enfermeiro um amplo espectro de atuação e de participação na sociedade. 

A área de atuação do (a) Enfermeiro (a) abrange:

  • Hospitais, clínicas, ambulatórios, centros de saúde comunitária, centros pediátricos e associações para a promoção da saúde de portadores de deficiências, creches, escolas, atendimento domiciliar, etc.;
  • Centros de ensino de nível médio, técnico e superior, centros de pesquisa ligados às ciências da saúde, centros de pesquisa para o desenvolvimento de novas metodologias e equipamentos, escolas e centros educacionais voltados para a prevenção e educação sobre saúde;
  • Consultoria de saúde, administração hospitalar, clínica e de serviços, além de estar capacitado para atuar na condição de autônomo.

Assim, o Curso de Enfermagem ofertado pela Faculdade de Iporá cumpre, no âmbito das competências e habilidades gerais e específicas que serão adquiridas pelo egresso, o disposto nas Diretrizes Curriculares Nacionais em Enfermagem.

A formação do aluno durante a graduação de enfermagem visa ainda à capacitação do enfermeiro como educador em saúde, subdisiando no seu processo o desenvolvimento de competências, habilidades e atitudes relacionadas às práticas didático-pedagógicas ao longo da gênese profissional.

Adicionalmente, o mercado de trabalho está em franca expansão devido ao aumento das necessidades de saúde da população brasileira, e nos últimos 90 anos o perfil do egresso de enfermagem modificou e intervêm sobre as necessidades sociais, como percebemos, principalmente, no campo da saúde pública com ênfase no desenvolvimento de práticas comunitárias que proporcionam a promoção e a proteção da saúde, alicerçados  no Programa de Saúde da Família do Governo Federal.

 Por isso, é fundamental ao estudante de enfermagem e enfermeiro conhecer as questões políticas, sociais e econômicas da população brasileira e da sua região, o conhecimento dos aspectos históricos, religiosos e cultura também são vitais para intervenção crítica e transformadora sobre o paciente, família e comunidade.

Investir em aperfeiçoamento profissional: residência, especialização, mestrado e doutorado também são trabalhados durante a graduação na FAI, levando em consideração o mercado de trabalho e área de atuação, pactuando que o aperfeiçoamento gera qualidade para a profissão e, consequentemente, qualidade ao paciente e sociedade.

Dados do Curso

Tipo: Modalidade: Metodologia: Duração: Carga horária total:
Bacharelado Presencial Híbrido 10 semestres 4000 horas

Matriz Curricular

Coordenação

Karita Silva Araujo

Possui graduação em Enfermagem pela Universidade de Rio Verde (2010), Pós graduação em Regulação de Sistemas de Saúde pela Universidade Federal de Goiás (2012), Especialização Técnico em Enfermagem em Urgência e Emergência pelo SENAC- Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (2014), Atualização Multiprofissional em Saúde do Trabalhador pela Universidade Federal de Goias, Mestre em Saúde Coletiva pela Universidade Federal de Goias. Tem experiência na área de Enfermagem, com ênfase em Enfermagem em Acolhimento e Classificação de Risco (2011 a 2013); e Urgência e Emergência- SAMU-192 (2019)

Apresentação

o curso de graduação em Engenharia Civil vem oferecer qualificação às pessoas para que possam, após sua formação, apreender a verdadeira função do profissional do Engenheiro Civil, colaborando para a inserção deste profissional na região de abrangência da FAI, desmistificando o conhecimento popular da engenharia e introduzindo uma prática consistente com o verdadeiro objeto de estudo da Engenharia Civil, o HOMEM como parte do meio ambiente, da sociedade e responsável por ele. Vale destacar que a IES te clara a necessidade de se assumir a adequada função deste profissional, identificando e analisando as necessidades da sociedade no contexto urbano e rural, a partir do saneamento básico e de obras de infraestrutura de naturezas diversas, sendo capaz de diagnosticar, elaborar projetos, planejando e agindo de forma coerente com os referenciais teóricos, se submetendo sempre às características da população local e das zonas rural e urbana da região de inserção.

Nível

Bacharelado

Perfil do Egresso

O engenheiro civil atuará de maneira conjunta com profissionais de diversas áreas, analisando as necessidades de infraestrutura da sociedade e colaborando com a promoção de qualidade de vida das pessoas. Desse modo, o egresso estará apto a realizar projetos, executar obras, gerenciar empreendimentos, além de aplicar técnicas que aliem custo/benefício de forma equilibrada. O egresso poderá atuar em Empresas públicas ou privadas, Órgãos Governamentais nas três esferas de governo, empresas de construção de obras de infraestrutura hidráulica e de saneamento, empresas e laboratórios de pesquisa científica e tecnológica, além de organizações sociais de interesse público e Organizações não Governamentais.

Mercado

A área de atuação do profissional de engenharia civil é bastante amplo e envolve áreas de: geotecnia, hidráulica, hidrologia, estruturas, construção, planejamento de obras, saneamento, transportes, docência, segurança do trabalho, sistemas de qualidade, dentre várias outras possibilidades. Entre estas opções destacam-se: AGETOP, DNIT, CONAMA, CREA, MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE, MINISTÉRIO DAS CIDADES, MINISTÉRIO PÚBLICO, entre outros.

Dados do Curso

Tipo: Modalidade: Metodologia: Duração: Carga horária total:
Bacharelado Presencial Híbrido 10 semestres 3860 horas

Matriz nova- atualização 2020

Matriz antiga – atualização 2017

Coordenação

Bianca Christofoli Freitas Queiroz

Possui GRADUAÇÃO em ENGENHARIA CIVIL pela Universidade Paulista – UNIP (2015). Especialização em ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO, pela FAED (2016), e DOCÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR, pela UCAM (2017), Mestrado em Desenvolvimento Regional, pela UNIALFA-GO (2019). Atualmente atua como Coordenadora dos cursos de engenharia civil, engenharia de produção e engenharia ambiental e sanitária, além de docente do departamento de Engenharia na Faculdade de Iporá – FAI. Atuou também como docente do curso de Técnico em Segurança do Trabalho na Instituição de Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – SENAC, e no Programa Pronatec do Estado de Goiás, e no Instituto Federal Goiano. Além de possuir experiência com Treinamentos na Área de Segurança do Trabalho, por meio de consultoria a CLIMED (Iporá-Go). Ampla experiência como Projetista na região Centro Oeste Goiana. (Texto informado pelo autor)

Apresentação

O Curso de bacharelado em Engenharia de Produção tem como objetivo geral proporcionar aos egressos conhecimentos teóricos – práticos para que possam desenvolver o projeto, a implantação, a operação, a melhoria e a manutenção de sistemas produtivos integrados de bens e serviços, envolvendo o capital humano, materiais, tecnologia, informação e energia, ao que se associará a suas habilidades de projetar, simular, prover e analisar os resultados obtidos destes sistemas para a sociedade, suportado por conhecimentos especializados de ciências exatas, ciências humanas, ciências sociais e pelos princípios e métodos de gestão, análise e projeto da engenharia. Com o intuito de contribuir para o desenvolvimento regional e nacional, bem como para melhorar a qualidade de vida.

Nível

Bacharelado

Perfil do Egresso

Tendo em vista o perfil do egresso, observa-se que o campo de atuação do profissional é amplo, podendo atuar nas áreas da engenharia de produção apontadas pela ABEPRO (2015), e demais regulamentações. Outrossim, conforme preconizado pelo Referenciais de Graduação e Licenciatura (MEC, 2010) “O Engenheiro de Produção atua na produção industrial, nos seus mais diversos setores; em empresas e laboratórios de pesquisa científica e tecnológica. Também pode atuar de forma autônoma, em empresa própria ou prestando consultoria”. Ou seja, o egresso do Curso de Engenharia de Produção da Fai, pode atuar em diversas áreas e segmentos econômicos. Isto só é possível devido a sua base multidisciplinar oferecida na matriz curricular do curso, incorporando os vários conhecimentos, entre básico, profissionalizantes e específicos. O egresso pode atuar em qualquer atividade produtiva. A Figura abaixo ilustra alguns dos setores onde ele pode atuar.

Mercado

O egresso em Engenharia de Produção pode atuar nas indústrias de manufatura, tais como as de eletrodomésticos, automotiva, metal-mecânico; empresas de serviço, como por exemplo, construção civil, transporte aéreo, consultoria; agroindústria, como cana-de-açúcar, doces e alimentos; instituições públicas, tais como, Correios, Agência Nacional das Águas, Agência Nacional de Energia; Petrobrás; indústrias de extração e beneficiamento; petróleo, borracha, minérios; bancos de investimentos pertencentes ao sistema financeiro nacional e aos bancos multinacionais, entre outros segmentos, por exemplo, seguradora, fundos de pensão, empresas de telefonia. Este pode atuar ainda em diversas áreas da empresa exercendo, por exemplo, algumas funções operacionais (distribuição de produto, controle da qualidade do produto e da matéria-prima); funções de planejamento (expansão da capacidade, alterações na força de trabalho, análise de investimentos em equipamentos); funções financeiras (controle orçamentário, formação dos custos de produção, retorno sobre o investimento); funções logísticas (controle de estoques, administração de materiais; gestão de transportes); funções de marketing (projeto do produto, nichos de mercado a serem atendidos, integração do setor de distribuição), além da função manutenção (planos de manutenção, controle de indicadores). A demanda pelo egresso em Engenharia de produção vem crescendo de modo representativo em vários segmentos econômicos.

Dados do Curso

Tipo: Modalidade: Metodologia: Duração: Carga horária total:
Bacharelado Presencial Híbrido 10 semestres 3800 horas

Matriz nova- atualização 2020

Matriz antiga – atualização 2016

Coordenação

Bianca Christofoli Freitas Queiroz

Possui GRADUAÇÃO em ENGENHARIA CIVIL pela Universidade Paulista – UNIP (2015). Especialização em ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO, pela FAED (2016), e DOCÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR, pela UCAM (2017), Mestrado em Desenvolvimento Regional, pela UNIALFA-GO (2019). Atualmente atua como Coordenadora dos cursos de engenharia civil, engenharia de produção e engenharia ambiental e sanitária, além de docente do departamento de Engenharia na Faculdade de Iporá – FAI. Atuou também como docente do curso de Técnico em Segurança do Trabalho na Instituição de Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – SENAC, e no Programa Pronatec do Estado de Goiás, e no Instituto Federal Goiano. Além de possuir experiência com Treinamentos na Área de Segurança do Trabalho, por meio de consultoria a CLIMED (Iporá-Go). Ampla experiência como Projetista na região Centro Oeste Goiana. (Texto informado pelo autor)

Apresentação

o curso de graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária vem oferecer qualificação às pessoas para que possam, após sua formação, apreender a verdadeira função do profissional do Engenheiro Ambiental e Sanitarista, colaborando para a inserção deste profissional na região de abrangência da FAI, desmistificando o conhecimento popular da engenharia e introduzindo uma prática consistente com o verdadeiro objeto de estudo da Engenharia Ambiental e Sanitária, o HOMEM como parte do meio ambiente e responsável por ele. Vale destacar que a IES tem clara a necessidade de se assumir a adequada função deste profissional, identificando e analisando as necessidades do meio ambiente e da sustentabilidade a partir do saneamento básico, sendo capaz de diagnosticar, elaborar projetos, planejando e agindo de forma coerente com os referenciais teóricos, se submetendo sempre às características da população local e das zonas rural e urbana da região de inserção.

Nível

Bacharelado

Perfil do Egresso

O egresso de Engenharia deve compreender, entre outras, uma visão holística e humanista, ser crítico, reflexivo, criativo, cooperativo e ético e com forte formação técnica;  estar apto a pesquisar, desenvolver, adaptar e utilizar novas tecnologias, com atuação inovadora e empreendedora; ser capaz de reconhecer as necessidades dos usuários, formular, analisar e resolver, de forma criativa, os problemas de Engenharia; adotar perspectivas multidisciplinares e transdisciplinares em sua prática; considerar os aspectos globais, políticos, econômicos, sociais, ambientais, culturais e de segurança e saúde no trabalho; e ainda atuar com isenção e comprometimento com a responsabilidade social e com o desenvolvimento sustentável.

Mercado

O engenheiro ambientalista e sanitarista possui inúmeras formas de atuação bem como é capaz de planejar, supervisionar, elaborar e coordenar projetos em engenharia ambiental; realizar vistorias, perícias, avaliações, monitoramentos, laudos, pareceres técnicos e auditorias relacionadas ao meio ambiente; analisar e interpretar resultados em relação aos indicadores ambientais atmosféricos, efluentes líquidos e resíduos sólidos; conceber e avaliar sistemas produtivos ambientalmente sustentáveis, utilizando modelos adequados; resolver os problemas concretos de prevenção e remediação diante das ações antrópicas mediante aplicações de tecnologia em engenharia disponível; compreender os problemas administrativos, legais, socioeconômicos, culturais e do meio ambiente; projetar e implementar novas tecnologias determinantes para o bem estar socioambiental; conhecer a legislação aplicável à área ambiental; avaliar os impactos ambientais causados pelas atividades industriais, comerciais e agropecuárias, bem como suas consequências na saúde, no ambiente e na econômica; e ainda dominar os conhecimentos tecnológicos de gestão do meio ambiente, da sustentabilidade e de resíduos diversos.

Dados do Curso

Tipo: Modalidade: Metodologia: Duração: Carga horária total:
Bacharelado Presencial Híbrido 10 semestres 3800 horas

Matriz nova- atualização 2020

Matriz antiga – atualização 2017

Coordenação

Bianca Christofoli Freitas Queiroz

Possui GRADUAÇÃO em ENGENHARIA CIVIL pela Universidade Paulista – UNIP (2015). Especialização em ENGENHARIA DE SEGURANÇA DO TRABALHO, pela FAED (2016), e DOCÊNCIA DO ENSINO SUPERIOR, pela UCAM (2017), Mestrado em Desenvolvimento Regional, pela UNIALFA-GO (2019). Atualmente atua como Coordenadora dos cursos de engenharia civil, engenharia de produção e engenharia ambiental e sanitária, além de docente do departamento de Engenharia na Faculdade de Iporá – FAI. Atuou também como docente do curso de Técnico em Segurança do Trabalho na Instituição de Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – SENAC, e no Programa Pronatec do Estado de Goiás, e no Instituto Federal Goiano. Além de possuir experiência com Treinamentos na Área de Segurança do Trabalho, por meio de consultoria a CLIMED (Iporá-Go). Ampla experiência como Projetista na região Centro Oeste Goiana. (Texto informado pelo autor)

Apresentação

O Curso de Farmácia da FAI – Faculdade de Iporá, tem como objetivo geral Formar um Farmacêutico integral, com base humanística, apto a compreender os múltiplos fatores que alteram o equilíbrio indivíduo-ambiente produzindo os processos mórbidos e que esteja capacitado a promover a saúde do indivíduo, da família e da comunidade.

Nível

Bacharelado

Perfil do Egresso

O Curso de Farmácia possibilita a formação de profissionais que atuam no processo saúde-doença, bem como na preparação para a pesquisa científica, orientando a formação profissional para o comprometimento com a saúde pública, a ética, o exercício da cidadania e o desenvolvimento social.

O Curso oferece uma formação baseada em valores éticos e humanísticos, técnicos e científicos mediante um ensino teórico-prático e estímulo à pesquisa e à extensão superando o enfoque de uma formação tradicional voltada apenas para a transmissão do conhecimento com um fim em si mesmo. O perfil do egresso habilita o Farmacêutico, com formação generalista, humanista, crítica e reflexiva, para atuar em todos os níveis de atenção à saúde com sólidas bases no rigor científico e intelectual.

O egresso será capacitado ao exercício de atividades referentes aos fármacos e aos medicamentos, às análises: clínicas e toxicológicas e ao controle, produção e análise de alimentos, pautado em princípios éticos e na compreensão da realidade social, cultural e econômica do seu meio, dirigindo sua atuação para a transformação da realidade em benefício da sociedade. Ao se graduar no curso, o aluno deverá estar apto a:

  • Cumprir a lei, manter a dignidade e a honra da profissão e observar o Código de Ética. Não se dedicar a nenhuma atividade que venha trazer descrédito à profissão e denunciar toda conduta ilegal ou antiética que observar na prática profissional;
  • Colocar seus serviços profissionais à disposição da comunidade em caso de conflito social interno, catástrofe ou epidemia, sem pleitear vantagem pessoal;
  • Respeitar a vida humana desde a concepção até a morte, jamais cooperando com atos que intencionalmente atentem contra ela, ou que coloquem em risco sua integridade física ou psíquica;
  • Respeitar o direito do usuário de conhecer o medicamento que lhe é dispensado e de decidir sobre sua saúde e seu bem-estar;
  • Assumir com visão social, sanitária e política, seu papel na determinação de padrões desejáveis do ensino e do exercício da Farmácia;
  • Contribuir para a promoção da saúde individual e coletiva, principalmente no campo da prevenção, sobretudo quando, nessa área desempenhar cargo ou função pública;
  • Informar e assessorar ao paciente sobre a utilização correta do medicamento;
  • Aconselhar e prescrever medicamentos de livre dispensação nos limites da atenção primária de saúde;
  • Observar sempre, com rigor científico, qualquer tipo de medicina alternativa, procurando melhorar a assistência ao paciente;
  • Atualizar e ampliar seus conhecimentos técnico-científicos e sua cultura geral, visando ao bem público e à efetiva prestação de serviços ao ser humano, observando as normas e princípios do Sistema Nacional de Saúde, em especial quanto à atenção primária à saúde;
  • Utilizar os meios de comunicação a que tenha acesso para prestar esclarecimentos, conceder entrevistas ou palestras com finalidade educativa e de interesse social;
  • Selecionar, com critério e escrúpulo, e nos limites da lei, os auxiliares para o exercício de sua atividade.

São atribuições dos profissionais farmacêuticos as seguintes atividades afins, respeitadas as modalidades profissionais, ainda que não-privativas ou exclusivas:

  • Abster-se da prática de atos que impliquem mercantilismo ou má conceituação da Farmácia;
  • Comunicar ao Conselho Regional de Farmácia e às autoridades sanitárias a recusa ou cargo, função ou emprego, motivado pela necessidade de preservar os legítimos interesses da profissão;
  • Utilizar os conhecimentos para exercer as atribuições privativas dos profissionais farmacêuticos.

Para tanto, o Curso de Farmácia, Bacharelado Presencial, ofertado pela Faculdade de Iporá propicia ao educando os conhecimentos requeridos para o exercício das seguintes competências e habilidades gerais, na área de atuação profissional do Farmacêutico:

Atenção à saúde: os profissionais de saúde, dentro de seu âmbito profissional, devem estar aptos a desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, tanto em nível individual quanto coletivo. Cada profissional deve assegurar que sua prática seja realizada de forma integrada e contínua com as demais instâncias do sistema de saúde, sendo capaz de pensar criticamente, de analisar os problemas da sociedade e de procurar soluções para os mesmos. Os profissionais devem realizar seus serviços dentro dos mais altos padrões de qualidade e dos princípios da ética e bioética, tendo em conta que a responsabilidade da atenção à saúde não se encerra com o ato técnico, mas sim, com a resolução do problema de saúde, tanto em nível individual como coletivo;

Tomada de decisões: o trabalho dos profissionais de saúde deve estar fundamentado na capacidade de tomar decisões visando o uso apropriado, eficácia e custo-efetividade, da força de trabalho, de medicamentos, de equipamentos, de procedimentos e de práticas. Para este fim, os mesmos devem possuir competências e habilidades para avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas, baseadas em evidências científicas;

Comunicação: os profissionais de saúde devem ser acessíveis e devem manter a confidencialidade das informações a eles confiadas, na interação com outros profissionais de saúde e o público em geral. A comunicação envolve comunicação verbal, não-verbal e habilidades de escrita e leitura; o domínio de, pelo menos, uma língua estrangeira e de tecnologias de comunicação e informação;

Liderança: no trabalho em equipe multiprofissional, os profissionais de saúde deverão estar aptos a assumir posições de liderança, sempre tendo em vista o bem estar da comunidade. A liderança envolve compromisso, responsabilidade, empatia, habilidade para tomada de decisões, comunicação e gerenciamento de forma efetiva e eficaz;

Administração e gerenciamento: os profissionais devem estar aptos a tomar iniciativa, fazer o gerenciamento e administração tanto da força de trabalho, dos recursos físicos e materiais e de informação, da mesma forma que devem estar aptos a ser empreendedores, gestores, empregadores ou lideranças na equipe de saúde;

Educação permanente: os profissionais devem ser capazes de aprender continuamente, tanto na sua formação, quanto na sua prática. Desta forma, os profissionais de saúde devem aprender a aprender e ter responsabilidade e compromisso com a sua educação e o treinamento/estágios das futuras gerações de profissionais, proporcionando condições para que haja benefício mútuo entre os futuros profissionais e os profissionais dos serviços, inclusive, estimulando e desenvolvendo a mobilidade acadêmica /profissional, a formação e a cooperação através de redes nacionais e internacionais.

Mercado

Ao longo do curso, serão desenvolvidas ações didático-pedagógicas com o objetivo de dotar o Farmacêutico dos conhecimentos requeridos para o exercício das seguintes competências e habilidades específicas, como:

  • Respeitar os princípios éticos inerentes ao exercício profissional;
  • Atuar em todos os níveis de atenção à saúde, integrando-se em programas de promoção, manutenção, prevenção, proteção e recuperação da saúde, sensibilizados e comprometidos com o ser humano, respeitando-o e valorizando-o;
  • Atuar multiprofissional, interdisciplinar e transdisciplinarmente com extrema produtividade na promoção da saúde baseado na convicção científica, de cidadania e de ética;
  • Reconhecer a saúde como direito e condições dignas de vida e atuar de forma a garantir a integralidade da assistência, entendida como conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos para cada caso em todos os níveis de complexidade do sistema;
  • Exercer sua profissão de forma articulada ao contexto social, entendendo-a como uma forma de participação e contribuição social;
  • Desenvolver assistência farmacêutica individual e coletiva;
  • Atuar na pesquisa, desenvolvimento, seleção, manipulação, produção, armazenamento e controle de qualidade de insumos, fármacos, sintéticos, recombinantes e naturais, medicamentos, cosméticos, saneantes e domissaneantes e correlatos;
  • Atuar em órgãos de regulamentação e fiscalização do exercício profissional e de aprovação, registro e controle de medicamentos, cosméticos, saneantes, domissaneantes e correlatos;
  • Atuar na avaliação toxicológica de medicamentos, cosméticos, saneantes, domissaneantes, correlatos e alimentos;
  • Realizar, interpretar, emitir laudos e pareceres e responsabilizar-se tecnicamente por análises clínico-laboratoriais, incluindo os exames hematológicos, citológicos, citopatológicos e histoquímicos, biologia molecular, bem como análises toxicológicas, dentro dos padrões de qualidade e normas de segurança;
  • Realizar procedimentos relacionados à coleta de material para fins de análises laboratoriais e toxicológicas;
  • Avaliar a interferência de medicamentos, alimentos e outros interferentes em exames laboratoriais;
  • Avaliar as interações medicamento/medicamento e alimento/medicamento;
  • Exercer a dispensação e administração de nutracêuticos e de alimentos de uso enteral e parenteral;
  • Atuar no desenvolvimento e operação de sistemas de informação farmacológica e toxicológica para pacientes, equipes de saúde, instituições e comunidades;
  • Interpretar e avaliar prescrições;
  • Atuar na dispensação de medicamentos e correlatos;
  • Participar na formulação das políticas de medicamentos e de assistência farmacêutica;
  • Formular e produzir medicamentos e cosméticos em qualquer escala;
  • Atuar na promoção e gerenciamento do uso correto e racional de medicamentos, em todos os níveis do sistema de saúde, tanto no âmbito do setor público como do privado;
  • Desenvolver atividades de garantia da qualidade de medicamentos, cosméticos, processos e serviços onde atue o farmacêutico;
  • Realizar, interpretar, avaliar, emitir laudos e pareceres e responsabilizar-se tecnicamente por análises de alimentos, de nutracêuticos, de alimentos de uso enteral e parenteral, suplementos alimentares, desde a obtenção das matérias primas até o consumo;
  • Atuar na pesquisa e desenvolvimento, seleção, produção e controle de qualidade de produtos obtidos por biotecnologia;
  • Realizar análises físico-químicas e microbiológicas de interesse para o saneamento do meio ambiente, incluídas as análises de água, ar e esgoto;
  • Atuar na pesquisa e desenvolvimento, seleção, produção e controle de qualidade de hemocomponentes e hemoderivados, incluindo realização, interpretação de exames e responsabilidade técnica de serviços de hemoterapia;
  • Exercer atenção farmacêutica individual e coletiva na área das análises clínicas e toxicológicas;
  • Gerenciar laboratórios de análises clínicas e toxicológicas;
  • Atuar na seleção, desenvolvimento e controle de qualidade de metodologias, de reativos, reagentes e equipamentos.

O egresso do Curso de Farmácia, Bacharelado Presencial, ofertado pela Faculdade de Iporá também é habilitado ao atendimento das necessidades sociais da saúde, à atenção integral da saúde no sistema regionalizado e hierarquizado de referência e contra-referência e o trabalho em equipe multiprofissionais, com ênfase no Sistema Único de Saúde (SUS).

Neste contexto, a formação do farmacêutico atende ao sistema de saúde vigente no país, a atenção integral da saúde no sistema regionalizado e hierarquizado de referência e contra-referências e o trabalho em equipe.

Dados do Curso

Tipo: Modalidade: Metodologia: Duração: Carga horária total:
Bacharelado Presencial Híbrido 10 semestres 4380 horas

Matriz Curricular

Coordenação

Joyce Ribeiro do Carmo

Possui graduação em Farmácia pela Faculdade Montes Belos (2011), especialização em Docência do Ensino Superior pela Faculdade Brasileira de Educação e Cultura – FABEC, especialização em Análises Clínicas e Toxicológicas pela Faculdade Oswaldo Cruz – FOC, possui Mestrado Profissional em Desenvolvimento Regional pelo Centro Universitário Alves Farias – UNIALFA. Atualmente é coordenadora do curso de Farmácia da Faculdade de Iporá – FAI. Tem experiência na área de Farmácia Comunitária com ênfase em Atenção Farmacêutica, Análises Clínicas e Docência Universitária.

Apresentação

O Curso de Odontologia da Faculdade de Iporá tem como objetivo principal formar o cirurgião-dentista clínico geral consciente de sua necessidade de aprimoramento constante e capaz de aplicar princípios biológicos, técnicos científicos, éticos, sociais, humanistas e morais para a prestação de assistência odontológica e atenção à saúde, solucionando os problemas de saúde coletiva que estão dentro de sua governabilidade e os problemas de natureza odontológica mais prevalentes na população.

Nível

Bacharelado

Perfil do Egresso

Cirurgião-dentista com formação generalista, humanística, crítica e reflexiva, para atuar em todos os níveis de atenção à saúde, com base no rigor técnico e científico. Capacitado ao exercício de atividades referentes à saúde bucal da população, pautado em princípios éticos, legais e na compreensão da realidade social, cultural e econômica do seu meio, dirigindo sua atuação para a transformação da realidade em benefício da sociedade.

Mercado

O profissional possui uma ampla área de atuação em clínicas particulares, hospitais públicos e particulares, unidades de tratamento intensivo, em unidades de saúde pública municipais, estaduais e federais, perícia forense, concursos públicos, atendimento domiciliar (home care), em consultório próprio e se optar pela carreira acadêmica, como docentes em faculdades e universidades. Algumas das áreas de atuação são clínica geral, cirurgia e traumatologia bucomaxilofaciais, harmonização orofacial, odontogeriatria, odontologia do trabalho, patologia bucal, endodontia, periodontia, odontopediatria, ortodontia, implantodontia, prótese, estética, reabilitação oral, odontologia do esporte, dentística, odontohebiatria, dentre outros.

Dados do Curso

Tipo: Modalidade: Metodologia: Duração: Carga horária total:
Bacharelado Presencial Híbrido 10 semestres 4.780 horas

Matriz Curricular

Coordenação

Osmar Martins Ferreira Júnior

Mestre em Odontologia pelo Programa de Pós-Graduação em Odontologia da Universidade Federal de Goiás (UFG). Cirurgião-Dentista graduado pela Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG). Professor e Coordenador do Curso de Odontologia da Faculdade de Iporá (FAI). Especialista em Ortodontia pelo Centro Universitário Ingá (Uningá).

Apresentação

O curso de Psicologia da Faculdade de Iporá – FAI tem por objetivo geral a formação de um profissional capaz de reconhecer a diversidade da Psicologia e sua inserção no campo geral do conhecimento como processo em transformação permanente, comprometendo-se de forma crítica com a construção da Psicologia a partir de sua atuação em diferentes contextos, orientando-se pelos princípios éticos e políticos da profissão, utilizando e avaliando as possibilidades de intervenção profissional de acordo com as necessidades sociais e a promoção da qualidade de vida de indivíduos, grupos, organizações e comunidades de Iporá e região.

Nível

Bacharelado

Perfil do Egresso

Conforme orientação contida nas Diretrizes Curriculares para os Cursos de Psicologia, aprovadas pelo Conselho Nacional de Educação – Resolução nº 05 de 15 de Março de 2011, o Curso de Psicologia da Faculdade de Iporá – FAI está estabelecido de forma a constituir em termos gerais profissionais-cidadãos, com formações generalistas e técnicas, capazes de intervir de maneira responsável, positiva e crítica na realidade social mais abrangente, a fim de identificar e solucionar problemas nos diversos ambientes, bem como ter capacidade e perspectivas inovadoras.

De uma maneira geral, espera-se que o egresso do Curso de Psicologia da Faculdade de Iporá – FAI seja capaz de atuar nas áreas de Ensino, Iniciação Científica e Extensão, identificação e análise das necessidades de natureza psicológica, articulando os conhecimentos das ciências humanas, sociais e da saúde.

Esse profissional deverá levar em consideração questões concernentes à Psicologia enquanto ciência e profissão, tais como: a constituição multirreferencial do saber psicológico, a relação da Psicologia com outras ciências, o respeito pela ética e pelos valores humanos e, por fim, a multideterminação do homem, procurando relacionar suas dimensões biológica, social e histórico-cultural.

Desse modo, o perfil do egresso do Curso de Graduação em Psicologia da FAI, em consonância com as Diretrizes Curriculares para o Curso constituídas pelo MEC – Ministério da Educação Brasileira, bem como, as prerrogativas do CFP – Conselho Federal de Psicologia, deverá ser um profissional que atua nas expressões da questão da saúde psíquica, formulando e implementando propostas de intervenção, com capacidade de promover o exercício pleno da cidadania e a inserção criativa e propositiva dos alunos de psicologia na saúde e no mercado de trabalho. Este profissional terá uma visão com ênfase, conforme estipulado no currículo da IES e nas necessidades regionais, em Psicologia Clínica, Educacional e Organizacional.

Assim, primar-se-á pelas seguintes características principais:

  1. Criticidade: capacidade de analisar as relações humanas nas quais se insere seu fazer profissional de modo a decodificar sua historicidade e contradições;
  2. Competência teórica: ter amplo conhecimento das ciências humanas, das vertentes filosóficas contemporâneas e da saúde psíquica;
  • Competência política: saber posicionar-se profissional e politicamente nos espaços sócio-institucionais;
  1. Competência técnica: saber fazer com eficiência mediante amplo conhecimento dos instrumentos, técnicas e práticas profissionais;
  2. Compromisso social: com as transformações da sociedade e com a emancipação humana.

O profissional, imprescindivelmente, estará comprometido com os valores e princípios norteadores do Código do Psicólogo.

Mercado

A área de atuação do psicólogo estende-se a hospitais, ambulatórios, centros e postos de saúde, consultórios, creches, escolas, associações comunitárias, empresas, sindicatos, fundações, juizados de menores e da família, penitenciárias, associações profissionais e esportivas, clínicas especializadas, núcleos rurais e comunitários etc.

Dados do Curso

Tipo: Modalidade: Metodologia: Duração: Carga horária total:
Bacharelado Presencial Híbrido 10 semestres 4.334 horas

Matriz Curricular

Coordenação

Aline Vanessa Coriolano Jesuino da Silva

Mestre em Psicologia Organizacional e do Trabalho (PUC – Goiás); Especializações em Análise e Diagnóstico Organizacional (PUC – GO) e Psicologia Positiva e Inteligência Emocional Aplicada nas Organizações (IPOG); Graduação e Licenciatura em Psicologia (PUC – GO). Atualmente atua na ênfase Clínica, atendendo no Hospital Cristo Redentor. Coordenadora do Curso de Graduação em Psicologia da FAI – Faculdade de Iporá, sendo responsável por ministrar as seguintes Unidade Curriculares: Psicologia Hospitalar; Psicologia do Desenvolvimento Infantil, Adolescente e Adulto; Fundamentos Históricos e Epistemológicos da Psicologia; Técnicas de Entrevista e Observação; Avaliação Psicológica Aplicada às Organizações I. Participou de forma efetiva na formação e implantação atuando como Coordenadora do Curso de Graduação em Psicologia na FAI – Palmeiras de Goiás ( Faculdades Integradas de Palmeiras de Goiás). Como forma de gestão atua no NDE dos Cursos de Psicologia e Direito da FAI – Iporá.

Apresentação

O Curso Superior Tecnologia em Gestão do Agronegócio, tem por objetivo formar profissionais por meio de um conjunto de conhecimentos e ferramentas que favoreçam o desenvolvimento de competências e habilidades que os tornam capazes de propor soluções e resolver problemas complexos, inseridos no processo administrativo da gestão, e lhes proporcionam aquisição de níveis de competitividade e de legitimidade frente às transformações que vêm ocorrendo no âmbito interno e externo das organizações de saúde.profissão.

Nível

Superior de Tecnologia

Perfil do Egresso

O Curso superior de Tecnologia em Agronegócios propicia a formação de profissionais capacitados a compreender e administrar diversos processos do agronegócio brasileiro, desenvolvendo planos e estratégias de ação. A capacidade de tomar decisões é uma exigência ao gestor moderno. Serão empreendedores, capazes de liderar utilizando adequados sistemas de gestão e trabalho em equipe nas organizações agroindustriais.

Mercado

O tecnólogo em Gestão de Agronegócios terá como área de atuação as granjas, as empresas de produtos agrícolas, as empresas de pesquisa agropecuária, as cooperativas agrícolas, pequenas e médias propriedades rurais, assistência técnica rural, os estabelecimentos agropastoris que operam nos ramos de negócios rurais, repartições públicas e privadas que atuam com atividades rurais e órgãos ambientais.

Dados do Curso

Tipo: Modalidade: Metodologia: Duração: Carga horária total:
Tecnológico Presencial Híbrido 08 semestres 2.560 horas

Matriz Curricular

Coordenação

Aline dos Santos Sousa

Graduada em Administração com ênfase em marketing, especialista em gestão empresarial, mestre Desenvolvimento e Planejamento Territorial. Coordenadora do Curso de Bacharelado em Administração e cursos tecnólogos da Faculdade de Iporá . Docente na Faculdade de Iporá desde 2015, Foi professora substituta do Instituto Federal Goiano – Campus Iporá de 2016 a 02/ 2018 das disciplinas de Administração Rural,Dinâmica do Agronegócio,entre outras . Propondo -se a pesquisar sobre gestão,empreendedorismo, economia solidária , desenvolvimento rural e discutir as questões ligadas ao desenvolvimento regional e desenvolvimento sustentável .Possui experiência em administração de empresas no setor varejista e de serviços., foi instrutora do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (eixo de gestão) durante 02 anos, professora da Faculdade Antares de Ensino Superior de 2011 a 2013, ministrando principalmente temas voltados a Gestão de pessoas, marketing,empreendedorismo e Responsabilidade Social.

Apresentação

O Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas da Faculdade de Iporá terá como objetivo possibilitar aos alunos o desenvolvimento de competências e habilidades conceituais e procedimentais, que os capacitem a atuar profissionalmente como analistas e desenvolvedores de sistemas, capazes de planejar e desenvolver softwares para computadores. Um dos principais mecanismos de atuação do Analista de Sistemas está relacionado com a criação e execução de software. E se faz necessário a formação humana de profissional atento a tais questões.

Nível

Superior de Tecnologia

Perfil do Egresso

Nesse sentido, o Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas terá competência para, projetar, desenvolver, implantar e manter sistemas de informações, dominar aplicativos e ferramentas para desenvolvimento de sistemas e recuperação de informações, dominar aplicativos e ferramentas para intercomunicação de sistemas, utilizar linguagens de programação visual, orientadas a objeto e eventos, administrar meios e recursos relacionados às atividades de informática e TI, transmitir e difundir novas tecnologias nas áreas da informática adequando-as às necessidades das organizações, sendo um profissional apto para resolver problemas e enfrentar situações de imprevisibilidade, incerteza e instabilidade, usando raciocínio lógico, crítico e analítico para operar e expressar-se de maneira crítica diante das diferentes conjunturas organizacionais e sociais

Mercado

Com o perfil adquirido, o Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas terá competência para: projetar, desenvolver, implantar e manter sistemas de informações; dominar aplicativos e ferramentas para desenvolvimento de sistemas e recuperação de informações; desenvolver projetos de redes de computadores atenta às técnicas de segurança das informações; utilizar linguagens de programação visual, orientadas a objeto e eventos; desenvolver soluções voltadas à INTERNET/Web; administrar meios e recursos relacionados às atividades de informática e TI; transmitir e difundir novas tecnologias nas áreas da informática adequando-as às necessidades das organizações.O Tecnólogo em Análise e Desenvolvimento de Sistemas poderá atuar profissionalmente nas áreas de suporte técnico, de programação e de análise e desenvolvimento de sistemas, seja de forma autônoma ou em empresas privadas de todos os portes, bem como no serviço público.

Dados do Curso

Tipo: Modalidade: Metodologia: Duração: Carga horária total:
Tecnológico Presencial Híbrido 05 semestres 2.180 horas

Matriz Curricular

Coordenação

Aline dos Santos Sousa

Graduada em Administração com ênfase em marketing, especialista em gestão empresarial, mestre Desenvolvimento e Planejamento Territorial. Coordenadora do Curso de Bacharelado em Administração e cursos tecnólogos da Faculdade de Iporá . Docente na Faculdade de Iporá desde 2015, Foi professora substituta do Instituto Federal Goiano – Campus Iporá de 2016 a 02/ 2018 das disciplinas de Administração Rural,Dinâmica do Agronegócio,entre outras . Propondo -se a pesquisar sobre gestão,empreendedorismo, economia solidária , desenvolvimento rural e discutir as questões ligadas ao desenvolvimento regional e desenvolvimento sustentável .Possui experiência em administração de empresas no setor varejista e de serviços., foi instrutora do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (eixo de gestão) durante 02 anos, professora da Faculdade Antares de Ensino Superior de 2011 a 2013, ministrando principalmente temas voltados a Gestão de pessoas, marketing,empreendedorismo e Responsabilidade Social.

Apresentação

O Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental da Faculdade de Iporá terá como objetivo Formar profissionais com visão integrada do meio ambiente, que possam minimizar e gerir os problemas ambientais em diversos segmentos da sociedade, contribuindo para o desenvolvimento sustentável de sua região e para a melhoria da qualidade de vida.

Nível

Superior de Tecnologia

Perfil do Egresso

A FAI almeja que o Gestor ambiental consiga aglutinar características técnicas e humanas capazes de fazê-lo um re-formador da sociedade. Que contribuía para planos e ações que sejam socialmente solidários, economicamente viáveis, culturalmente aceitos, ecologicamente sustentáveis.

Mercado

O tecnólogo em Gestão Ambiental poderá exercer funções de agente de educação ambiental, agente de análise econômica ambiental, agente de proteção ambiental, agente de avaliação ambiental e agente de conservação ambiental. Suas atividades poderão ser desenvolvidas em Organizações não Governamentais; Prefeituras; Indústrias (pequenas, médias e grandes); Empresas de Saneamento Urbano; Unidades de Conservação (parques nacionais eecológicos, áreas de preservação); Instituições Públicas e Privadas (Escolas, Faculdades, Universidades, Ibama,IcmbioMinistério do Meio ambiente, Agência Nacional da Água, Secretaria Nacional de Recursos Hídricos, Secretarias Estaduais e Municipais de Meio Ambiente); Ministérios Públicos Federal e Estadual; Sebrae; Senai; FIEG; Federações da Agricultura, Órgãos de Assistência Técnica e Extensão Rural; Conselhos Profissionais Nacionais e Regionais; Escritórios e Empresas de consultoria.

Dados do Curso

Tipo: Modalidade: Metodologia: Duração: Carga horária total:
Tecnológico Presencial Híbrido 04 semestres 2.000 horas

Matriz Curricular

Coordenação

Aline dos Santos Sousa

Graduada em Administração com ênfase em marketing, especialista em gestão empresarial, mestre Desenvolvimento e Planejamento Territorial. Coordenadora do Curso de Bacharelado em Administração e cursos tecnólogos da Faculdade de Iporá . Docente na Faculdade de Iporá desde 2015, Foi professora substituta do Instituto Federal Goiano – Campus Iporá de 2016 a 02/ 2018 das disciplinas de Administração Rural,Dinâmica do Agronegócio,entre outras . Propondo -se a pesquisar sobre gestão,empreendedorismo, economia solidária , desenvolvimento rural e discutir as questões ligadas ao desenvolvimento regional e desenvolvimento sustentável .Possui experiência em administração de empresas no setor varejista e de serviços., foi instrutora do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (eixo de gestão) durante 02 anos, professora da Faculdade Antares de Ensino Superior de 2011 a 2013, ministrando principalmente temas voltados a Gestão de pessoas, marketing,empreendedorismo e Responsabilidade Social.

Apresentação

O Curso Superior Tecnologia em Gestão Hospitalar tem por objetivo formar profissionais por meio de um conjunto de conhecimentos e ferramentas que favoreçam o desenvolvimento de competências e habilidades que os tornam capazes de propor soluções e resolver problemas complexos, inseridos no processo administrativo da gestão, e lhes proporcionam aquisição de níveis de competitividade e de legitimidade frente às transformações que vêm ocorrendo no âmbito interno e externo das organizações de saúde.

Nível

Superior de Tecnologia

Perfil do Egresso

No final do curso os discentes deverão ser capazes de:

Demonstrar um amplo conhecimento dos temas relacionados à gestão em saúde, no contexto brasileiro e internacional, com especial referência à gestão de serviços públicos e privados, assim como de organizações do setor de saúde supletiva;

Demonstrar habilidades necessárias para trabalhar de modo competente nos níveis gerenciais intermediários e superiores das organizações do campo da saúde;

Analisar políticas, estabelecer objetivos e definir resultados para organizações de saúde;

Desenvolver planos e projetos, assim como determinar cursos de ação, dentro de uma perspectiva estratégica.

Mercado

O egresso do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Hospitalar deverá reunir competências e habilidades para desenvolver processos de gestão logística de um hospital, policlínica, clínica, ambulatório de pronto-atendimento, posto de saúde, laboratório ou de programas como o de Saúde da Família, por meio de uma administração tecnológica, bem como a organização e manutenção de recursos e instalações físicas, inclusive serviços básicos de infraestrutura hospitalar ou de outras organizações de serviços de saúde.

Dados do Curso

Tipo: Modalidade: Metodologia: Duração: Carga horária total:
Tecnológico Presencial Híbrido 08 semestres 2.575 horas

Matriz Curricular

Coordenação

Aline dos Santos Sousa

Graduada em Administração com ênfase em marketing, especialista em gestão empresarial, mestre Desenvolvimento e Planejamento Territorial. Coordenadora do Curso de Bacharelado em Administração e cursos tecnólogos da Faculdade de Iporá . Docente na Faculdade de Iporá desde 2015, Foi professora substituta do Instituto Federal Goiano – Campus Iporá de 2016 a 02/ 2018 das disciplinas de Administração Rural,Dinâmica do Agronegócio,entre outras . Propondo -se a pesquisar sobre gestão,empreendedorismo, economia solidária , desenvolvimento rural e discutir as questões ligadas ao desenvolvimento regional e desenvolvimento sustentável .Possui experiência em administração de empresas no setor varejista e de serviços., foi instrutora do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (eixo de gestão) durante 02 anos, professora da Faculdade Antares de Ensino Superior de 2011 a 2013, ministrando principalmente temas voltados a Gestão de pessoas, marketing,empreendedorismo e Responsabilidade Social.

Apresentação

O Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos da Faculdade de Iporá vem ao encontro das demandas do Mercado, pois se orienta pela realidade do mundo do trabalho em constante mutação. Os tecnólogos formados neste curso serão profissionais altamente qualificados para lidar estrategicamente nos ambientes organizacionais, especificamente com o material humano, tanto no escopo legislativo quanto na prática, sabendo atuar de maneira decisiva para garantir o crescimento econômico regional, porém dentro de princípios éticos da profissão.

Nível

Superior de Tecnologia

Perfil do Egresso

Em sua área de atuação o tecnólogo em RH deve ter espírito de liderança, facilidade de argumentação e capacidade de transmitir com clareza seus pontos de vista com a finalidade de desenvolver soluções práticas e aplicá-las em ambientes organizacionais.

Mercado

Esse profissional, o tecnólogo, analisa o mercado, constantemente, podendo planejar as estratégias e gerenciar as relações entre os funcionários e a empresa; coordenar os processos de seleção e admissão; os planos de carreira/os programas de incentivo (implantação e implementação de planos de carreira e programa de benefícios); de treinamento e de capacitação dos profissionais da empresa; desenvolver estratégias de mercado; definir, analisar e cumprir as metas da organização – através de pesquisas, avaliação e desempenho dos recursos humanos, para detectar novas tendências e buscar novas oportunidades de ampliação dos negócios, estabelecendo parcerias com departamentos da empresa e prestadores de serviços (agências terceirizadas de recrutamento, seleção e treinamento), com o objetivo de otimizar os processos das atividades de recursos humanos.

Dados do Curso

Tipo: Modalidade: Metodologia: Duração: Carga horária total:
Tecnológico Presencial Híbrido 04 semestres 1.860 horas

Matriz Curricular

Coordenação

Aline dos Santos Sousa

Graduada em Administração com ênfase em marketing, especialista em gestão empresarial, mestre Desenvolvimento e Planejamento Territorial. Coordenadora do Curso de Bacharelado em Administração e cursos tecnólogos da Faculdade de Iporá . Docente na Faculdade de Iporá desde 2015, Foi professora substituta do Instituto Federal Goiano – Campus Iporá de 2016 a 02/ 2018 das disciplinas de Administração Rural,Dinâmica do Agronegócio,entre outras . Propondo -se a pesquisar sobre gestão,empreendedorismo, economia solidária , desenvolvimento rural e discutir as questões ligadas ao desenvolvimento regional e desenvolvimento sustentável .Possui experiência em administração de empresas no setor varejista e de serviços., foi instrutora do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (eixo de gestão) durante 02 anos, professora da Faculdade Antares de Ensino Superior de 2011 a 2013, ministrando principalmente temas voltados a Gestão de pessoas, marketing,empreendedorismo e Responsabilidade Social.

Apresentação

O Curso de licenciatura em Pedagogia, tem como objetivo geral Assegurar a formação de profissionais da Educação Infantil, Básica e Médio Profissional, possuindo a docência como a base da formação do pedagogo e a unidade entre teoria e prática como princípio para a atuação do educador em espaços escolares e não escolares.

Nível

Licenciatura

Perfil do Egresso

O curso de Pedagogia traz em sua constituição epistemológica elementos teóricos investigativos do ensino, de aprendizagens e do trabalho pedagógico que se realiza na práxis social. O perfil do licenciado em Pedagogia compreende, além da apreensão destes conceitos, a de atividades pedagógicas inerentes a processos de ensino aprendizagem a compreensão de conhecimentos concernentes à gestão dos processos educativos em ambientes escolares e não escolares. O processo de ensino aprendizagem ocorre de forma dinâmica, reconhecendo que tanto aluno quanto professor ensinam e aprende, sendo o professor agente de re/educação das relações sociais e ético raciais da reorganização das funções pedagógicas e de gestão da escola.

O perfil do egresso deverá contemplar uma consistente formação teórica, diversidade de conhecimentos e de práticas, que se articulará no decorrer do curso. Dessa forma, o Pedagogo estará apto à docência, dentro de sua área de atuação prevista no Parecer 5/2005; à gestão nos preceitos amparados pela legislação nacional vigente, sob caráter democrático e analítico das políticas nacionais para educação e instituições de ensino; produção e difusão do conhecimento científico e tecnológico do campo educacional.

Mercado

O curso de Licenciatura em Pedagogia da FAI destina-se à formação de professores para exercer funções de magistério na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Idosos, e Educação Profissional na área de serviços e apoio escolar em outras áreas nas quais sejam previstos conhecimentos pedagógicos e estende-se além da docência, a participação na gestão e avaliação de sistemas e instituições de ensino em geral, na elaboração, na execução, no acompanhamento de programas e nas atividades educativas.

Dados do Curso

Tipo: Modalidade: Metodologia: Duração: Carga horária total:
Licenciatura Presencial Híbrido 08 semestres 3420 horas

Matriz Curricular

Coordenação

Wanessa Cristina de Lacerda Lando

Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual de Goiás (2000). Especialista em Língua Portuguesa (2002) Mestre em Educação (2007) Gestão Estratégica Educacional (2010). Mestre em Serviço Social pela PUC (2017) Bolsista da Capes. Foi professora da Universidade Estadual de Goiás – Câmpus São Luis de Montes Belos. Na UEG, possui experiência em Gestão – Foi Coordenadora de Extensão (2005), Coordenadora Pedagógica (de 2006 a 2008) e Representante da CPA/UEG(2012 até o 16 de dezembro de 2019). Pesquisadora do NEPEFE – Núcleo de Estudos e Pesquisa em Fenomenologia da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Goiás. Foi Coordenadora do Curso de Pedagogia da Faculdade de Iporá – FAI. Trabalha também em Cursos de Pós-Graduação com as disciplinas de Didática do Ensino Superior, Metodologia do Trabalho Cientifico, Avaliação da Aprendizagem.Tem experiência na área de Educação, infantil, fundamental,médio superior e lato senso, atuando nos seguintes temas: profissionalização docente/ação-reflexão-ação/,Metodologia Científica, Didática do Ensino Superior, Prática de Ensino, Formação de Professores; Educação Inclusiva, Diversidade e Ética.